terça-feira, 22 de julho de 2014

POESIA PARA OS NOSSOS

É simples, por que dificultar?
Basta estar disposto,
Ter vida para gastar,
E também ter olho-no-olho;

Basta respeitar a si no outro,
Admirar o que diferencia,
A ponto de sentar-se lado a lado,
E dividir o que de melhor colheu da vida!

E por ser volátil de tão simples,
Escapa entre os dedos; e no afã de reter,
Nos cansamos de estar juntos,
Por vezes ignorando que o sentido da existência é a felicidade...
Que não existe sem aqueles ao lado!

É simples.