terça-feira, 13 de maio de 2014

ROMANTISMO PARA MIM

Estariam ancoradas as horas
Difíceis de passar, de serem degustadas,
Se não houvesse tua presença.
Teu cheiro, teu olhar... o toque macio de tua pele,
É o que me leva a navegar pelas ausências...
O vale criado entre os momentos em que estou à sua mercê!
E justamente são esses os momentos que se liquefazem entre meus dedos, escoam e aguardam que eu os recolha,
E os resuma em tuas risadas,
Teus sorrisos,
Teu toque...
Que me perdem de mim para no instante seguinte me atirar de encontro ao normal.
Me salve! Me resgate!
Para que o próximo momento em tua órbita,
Seja cada vez maior... até que se torne tão grande quanto nós.
Maior que o vale,
Seu positivo oposto,
Um aplainado agora,
Para estar diante de ti.
E nada mais.
Apenas você.