sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

VOCÊ ORQUÍDEA, EU COLIBRI

Você Orquídea, eu Colibri
Te beijo pra viver... e vivo a te beijar
A voar em torno de ti, a te cortejar
Atraído pelo aroma e formosura que fluem de teu ser
Simplesmente entregue, rendido aos teus carinhos;
carente de teu olhar doce
Doce como o néctar teu, que alimenta meu querer
Você Orquídea, eu Colibri
Pássaro que voa, e para diante de tua formosura
E suga, grato, a vida que se encontra na amada flor
Sempre a buscar... o que nunca há de faltar...
O doce sabor que se encontra em ti,
Você Orquídea, eu Colibri.