terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

SENTIDOS

Fecha-se os olhos pra sentir o que se tem e não está aqui, 
O que um dia quente te tomou...
Os olhos abertos me deixam só, 
Com quilos de gente ao meu redor 
Fim da linha: o sol se pôs, 
Adormeci ou acordei? Não sei se é real o que encontrei! 
O abraço da noite me trouxe alívio,
Ouça minha voz, fale comigo, só procuro o teu abrigo 
Tua presença a acalmar os meus sentidos

Escrito há quase um ano atrás