domingo, 17 de novembro de 2013

MARGINALIZAÇÃO - pt. 1

A periferia precisa de vozes que defendam seus direitos de ter uma vida próspera e digna, para que com saúde e educação ela tenha sua própria voz.
A periferia não precisa de pessoas que apóiem sua falta de instrução, achando "bonito" ou "válido" expressões burras e criminosas oriundos da falta de oportunidade e de caráter.

A voz da periferia é a voz dos assalariados, dos idosos, dos deficientes, do GLBT, das mulheres, dos artistas e de todas minorias; minorias que assim como os habitantes das periferias metropolitanas PRECISAM REAVER SUAS VOZES no meio de tanta besteira, bobagem e perda de tempo.

Ninguém nos levará à sério se nós não nos levarmos primeiro.