quinta-feira, 26 de setembro de 2013

EM SUMA... - Relacionamentos

São trinta anos... alguma experiência adquiri. Sobre este assunto, gostaria de falar para mulheres que começam o relacionamento com um homem e vice-versa, ou casais homoafetivos:

Ao começar um relacionamento com uma pessoa, podes ter certeza de que a pessoa já viveu muitas coisas, passou por coisas... e com certeza não quererá passar pelas mesmas tristezas, angústias... isso não significa que você ou eu tenhamos de ser perfeitos, mas sim que o início de um bom relacionamento é com cartas na mesa, coração e mente abertas. Conhecer ao outro, buscar realmente o que os outros relacionamentos o fizeram terminar, que tipo de coisa foi dita que magoava, as atitudes... para não repetir as mesmas coisas ruins. É muito simples, mas muita coisa que alguém tem de ressentimento pelo parceiro poderia ser evitado... e tem coisas que a gente desculpa, mas se elas continuam a se repetir vão se tornando algo grande dentro de nós, algo que pesa e que depois de um tempo se torna uma carga insuportável... é triste, mas com essa carga:

1- Ou rola um diálogo e acertam-se as "pontas soltas";
2- Ou o peso é tão grande que a pessoa não suporta e se separa;
3- Ou leva-se uma vida infeliz, não realizada...

Vale a pena conversar. Vale a pena ouvir. Vale a pena investir. Mas não vale a pena ficar com alguém que não cede, que não vê o casal, apenas sua realização pessoal/individual...

Abraços!