sábado, 17 de agosto de 2013

PORQUÊ NÃO FREQUENTO MAIS IGREJAS - mas guardo a fé...

Simples, caríssimo leitor: as igrejas (católicas ou protestantes)  não cumprem a vontade do Cristo ao insistir em reunir seus fiéis em prédios, inclusive usando recursos valiosos para o socorro dos mais necessitados da comunidade para a manutenção destas instituições. A vontade do Cristo era que eles fossem, cheios de Seu espírito, viver normalmente, e assim pregar à todos uma nova vida, novos valores, nova mentalidade e jeito de ser. Assim como aconteceu no início, quando os homens começaram a tratar melhor suas mulheres, empregados e escravos. Mas a diabólica cilada se concretizou ao transformar a fé no Cristo na religião oficial do Império, lhe deu um nome, um cnpj(!!!), lhe isentou de impostos sobre a arrecadação de doações que serviram para comprar mais terrenos, prédios, rádios, televisōes, jatinhos, haras, e até mesmo cargos públicos.
Se as portas do inferno não prevalecerão sobre a igreja, creio que é sobre esta, invisível, que dentro ou fora das instituições chamadas de igreja insistem em buscar ser como Ele, fazendo justiça, agindo com amor, altruísmo, escrevendo poucas e solitárias linhas em blogues empoeirados cheios de erros e pecados, vivendo só da graça.
Ela nos basta.
Posso "provar" tudo o que escrevi, mas não tenho mai saco pro estilo apologeta... Tá tudo lá, nos evangelhos, Atos e cartas do novo testamento. Fiquem à vontade, e prefiram Almeida Revista e Atualizada ou A Bíblia de Jerusalém. As traduções não são tão grotescas...