sexta-feira, 31 de agosto de 2012

INSPIRADO POR WINEHOUSE

 Vi um documentário sobre a Amy Winehouse onde informações sobre ela e a música que a inspirou eram intercalados com um ótimo pocket show que ela fez ao lado de somente um guitarrista e um baixista. Numa das entrevistas um sacerdote protestante inglês falou algo mais ou menos assim:

"Os profetas, biblicamente falando, não eram videntes, eles eram pessoas que tinham o dom de ver as coisas como elas são, como Deus as vê, e não como as pessoas acham que são. Eles denunciavam os males da sociedade, entre outras coisas... Hoje, este papel é exercido pelos artistas e músicos(sic), mas a arte que desenvolvem não muda a realidade em que vivem, apenas a reflete..."

Muitas coisas me tocaram, mas especificamente fico feliz de que quando eu estou desenvolvendo minha arte não reflito a total descerebração cultural vivida hoje e expressa na "arte" de "músicos" de variados "gêneros" no mundo, mais especificamente no Brasil, como no "funk carioca", "sertanejo u
niversitário", a junção horrorosa que fizeram de ambos (tchú-tchá e similares), "rock colorido", "MPB aguada/inssossa" e por aí vai...

A minha arte, composicional ou interpretativa reflete meu inconformismo com o atual momento, com a mentalidade das pessoas e seu vazio ético/cultural/crítico/criativo. Posso tocar hard rock, blues, samba, baião, rock n' roll, heavy metal, country, pop, e expressar o que há de melhor em mim: meu amor à vida e meu inconformismo com o que há de errado, sem relativizações pois não tenho medo de dizer não somente o que acho, mas o que é!

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

PÁGINA NO FACEBOOK!

Uma boa maneira de ficar ligado no que escrevo por aqui é sendo alertado pelo Facebook. A página do blog já está funcionando! Curtam lá, também escrevo algumas "sacadas" que não posto aqui:


"Blogando!" | Promova sua página também



Os aguardo por lá!

KEEP ROCKIN'!

ÓTICA

Estudiosos afirmam que somente com dois olhos nosso cérebro entende a visão em profundidade, o mundo em 3 dimensões. Se tivéssemos apenas um olho desde pequenos não teríamos esta capacidade, pois nosso cérebro não aprenderia como juntar duas imagens e interpretar a profundidade. Sem isso, seria como um desenho de duas pessoas no papel, uma perto e outra longe: a diferença seria no tamanho das duas - isto é ausência de senso de profundidade, um mundo em apenas duas dimensões: VERTICAL e HORIZONTAL.

Refletindo, saquei que quando pensamos sobre um determinado assunto, lançamos sobre ele nosso olhar, e julgamos de acordo com toda nossa experiência, habilidades, conceitos. Este é UM olhar sobre o assunto, uma "miopia" e por mais apurado que seja, nunca será tão profunda a conclusão, tão ampla do que quando lançamos um SEGUNDO OLHAR sobre ele.

E este olhar está justamente na conclusão de outra pessoa, com outra história, outras experiências, outros conceitos...  Os olhares se juntam para interpretar a profundidade de uma situação, como que "aparando rebarbas" na opinião de cada um

Logo, temos a oportunidade de conhecer a fundo qualquer assunto se juntarmos as opiniões e conclusões de outros à nossa.

Ou seja, quando dizemos que "as unânimidades são burras" ou que "tiranos são burros" estamos nos servindo destes conceitos de que a verdade e a sabedoria só podem ser alcançadas através da cooperação, do esforço conjunto. Tal profundidade em nossa estrutura ótica biológica e racional tem um "quê" de Hegel, pois podemos chegar através da TESE (cima/baixo, a afirmação) e da ANTÍTESE (esquerda/direita, a negação) à SÍNTESE (frente/trás, a negação da negação).

A SÍNTESE, esta sim deve ser a busca do curioso. E mais, como no início exemplifiquei a incapacidade de compreender uma terceira dimensão numa pessoa caolha de nascimento, faço a pergunta: que mundo está além de nossa compreensão mas ao alcance de seres com mais de dois olhos? Será tão mais amplo quanto aquele ouvido por animais que ouvem além do nosso limite de 20.000Hz como cães e morcegos? O que está além de nossa compreensão? Será que podemos encontrar num lugar além dos nossos cinco sentidos algo ou alguém como DEUS?

Vou pensar muito sobre o assunto ainda... qual a tua opinião?


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

NOTA - 06 de Agosto de 2012